hot chocolate


Não precisaram dizer uma única palavra. Na verdade, milésimos de segundos de trocas de olhares foram suficientes. Ela falava ao celular enquanto ele bebia um café. Desligou e sorriu para ele. Então, a convidou para que se sentasse junto a ele. Pediu um chocolate quente. Ela não tinha frio. Longe disso. Mas ele queria aquecê-la. E ela logo notou que ele era diferente. Decidiu aceitar. Sobre o que conversaram, talvez nenhum dos dois se lembrem daqueles primeiros minutos de diálogo. Estavam atentos um ao brilho do outro. Tentavam se concentrar em algum tema. Algo que pudesse diminuir o ritmo das batidas cardíacas. Seu pássaro azul já voava dando voltas neles, como quem dizia: preste muita atenção nela. Da parte dela, aquele famoso friozinho na barriga, nem o chocolate quente conseguia atenuar.

Ela retirou da bolsa alguns papéis. Foi pior. Tudo caía pelo chão. Ele tentava ajudar. Sorriam. O notebook sobre a mesa acusava que a energia estava no fim. Eles absorviam toda a energia necessária que encontrava-se em volta deles. Tudo era divertido. Tudo era motivo de sorrisos e de intensas trocas de olhares. A pele dela ficava rosa. Ele não conseguia parar de sorrir. Ele perguntou se ela era casada. Ela o olhou fixamente e disse que ainda não. Voltaram a falar de temas menores. Avançavam e recuavam. Dançavam com as palavras. Não tinham medo e nem precisavam de certezas. Quem se apaixona não pode exigir certezas. Assim é a paixão. Assim é a beleza de quando se sabe que conheceu alguém que é único.

Se despediram e foram para suas casas. Queriam ficar sozinhos. Acordados. Para quê dormir se a realidade era melhor que qualquer sonho? Se encontraram mais duas ou três vezes. Desde então ela sempre pede chocolate quente. Ele, ficou com a certeza que desde o momento em que a viu, sabia que ela era especial demais.

Música do post

Lost In Love – Air Supply

Anuncios

8 comentarios el “hot chocolate

  1. Quando acho que não vou me surpreender mais…. lá vem vc !! Quanta doçura e sensibilidade ao descrever uma paixão!!! Parabéns… sempre! Bjs

  2. Pingback: Tweets that mention hot chocolate « Like a Rolling Stone -- Topsy.com

  3. Márcio, querido…

    O que é maior: os que escalam a montanha ou a montanha? Os barcos que saem ou o oceano que os recebe? Somos todos pequenos, amigo, e ao mesmo tempo imensos: É o delicioso paradoxo do êxodo e do êxtase, que outra comparação tão primordial quanto o amor e as armadilhas da paixão?

    Fiz um facebook, acho que estou ficando moderna, rs.
    Um abraço.

    • Oi Marcela, que lindo comentário… sim, somos imensos e intensos. Para se lançar ao mar e subir uma montanha, mesmo o sujeito mais quieto possui dentro dele um desejo tão intenso que é o que o torna apaixonante. Admiro as pessoas por terem a coragem de lançarem ao mar, de escalar, de se deixar cair na armadilha da paixão… sem cair não há como amar.

      Já adicionei você lá. Abraços!

Responder

Introduce tus datos o haz clic en un icono para iniciar sesión:

Logo de WordPress.com

Estás comentando usando tu cuenta de WordPress.com. Cerrar sesión / Cambiar )

Imagen de Twitter

Estás comentando usando tu cuenta de Twitter. Cerrar sesión / Cambiar )

Foto de Facebook

Estás comentando usando tu cuenta de Facebook. Cerrar sesión / Cambiar )

Google+ photo

Estás comentando usando tu cuenta de Google+. Cerrar sesión / Cambiar )

Conectando a %s